O que você quer encontrar?

Valor do condomínio: como é definido?
17 de agosto de 2021Tudo sobre imóveis

Valor do condomínio: como é definido?

compartilhe este post

Você está com planos para adquirir um apartamento mas ainda precisa entender sobre o valor do condomínio e o que ele realmente engloba em suas taxas? Seus problemas acabaram! Neste artigo, iremos explicar como esse valor é definido e até como realizar o seu cálculo, além de falarmos um pouco sobre o conceito de condomínio econômico. Confira as informações e tire suas dúvidas:

Como é feito o cálculo da taxa de condomínio?

As despesas de um condomínio correspondem, em sua maioria, aos pagamentos da folha de funcionários, salários, encargos e horas extras. Esses são custos fixos que totalizam em média 50% do gasto total do condomínio, onde normalmente a divisão das despesas é realizada de acordo com o número de apartamentos. Esse valor é considerado um investimento, já que os seus maiores benefícios são: mais segurança, comodidade e bem-estar para os moradores. 

Geralmente, os profissionais pagos com a taxa de condomínio são: porteiros, auxiliares de serviços gerais e seguranças. Além disso, o valor também pode ser utilizado para eventuais reformas nos ambientes, preservando a qualidade, a funcionalidade e o entorno do edifício.

O que inclui a taxa de condomínio?

De modo geral, o valor do condomínio inclui os gastos citados no parágrafo anterior, com a função de garantir qualidade de vida aos condôminos, além de preservar os ambientes do edifício. Conheça alguns dos gastos que podem estar incluídos nessa taxa:

  • Pagamento dos funcionários; 
  • Salário do síndico;
  • Contas de luz, água, manutenção das áreas comuns (lazer);
  • Materiais de limpeza;
  • Reformas pontuais. 

O pagamento do condomínio é obrigatório? 

Sim! Pagar o valor do condomínio é obrigatório para todos os proprietários, pois o número de apartamentos será considerado na divisão do valor total. Essa é uma forma de manter o condomínio limpo, conservado e seguro. Caso você não efetive o pagamento do condomínio dentro do prazo, a administração do prédio poderá tomar medidas judiciais, ocasionando em uma possível negativação.

Você sabe o que é condomínio econômico?

Um condomínio econômico é aquele que oferece condições para diminuir as despesas diárias, utilizando de soluções como: reaproveitamento de águas cinzas, sensores de irrigação, hidrômetros individuais, portaria eletrônica, sensores de presença nos ambientes comuns e placas fotovoltaicas para geração de energia. 

Além de apresentar esses diferenciais, alguns condomínios podem disponibilizar uma estrutura de lazer diversa com um custo-benefício maior para os seus moradores. Isso, devido à economia que a estrutura permite e a sua variedade de ambientes. Por exemplo, a renda da família que era destinada a clubes ou academias poderá ser poupada, caso o edifício ofereça essas áreas.

Esperamos que você tenha esclarecido suas dúvidas sobre o tema! Quer conhecer outras vantagens de morar em um apartamento? Confira nosso blog post: Casa ou apartamento: saiba qual é a melhor opção.

Como é definido o valor do condomínio?
compartilhe este post
Saudabilidade: como um imóvel pode impactar na sua saúde e bem-estar?
Sustentabilidade

Saudabilidade: como um imóvel pode impactar na sua saúde e bem-estar?

Leia mais
O que são energias renováveis? Veja os impactos dos sistemas solares
Sustentabilidade

O que são energias renováveis? Veja os impactos dos sistemas solares

Leia mais
Segurança na construção civil: saiba tudo sobre a norma NBR 15575
Obras

Segurança na construção civil: saiba tudo sobre a norma NBR 15575

Leia mais